Archive for the ‘Especial’ Category

Contagem regressiva…

Tuesday, December 9th, 2008

Meu sobrinho yankee está chegando!  Minha cunhada, esposa do irmão do maridon, está começando a ter contrações. 🙂  Let’s get this party started! 🙂  Muitas vibrações positivas para Lockport, NY!

Update:  Pelo o que parece… foi alarme falso, mas está pra nascer a qualquer dia/hora.  Quando nascer eu aviso por aqui.

Obrigada.

Wednesday, November 26th, 2008

Amanhã é dia de festa, comida gostosa e agradecimento.  A loucura do feriado já começou. Fui ao supermercado para comprar algumas coisinhas que “escaparam” da lista de Thanksgiving; e dei de cara com dois supermecados de bairro lotados.  Os americanos estão economizando, mas não estão deixando de comemorar o Dia de Ação de Graças.

Este ano, pela primeira vez, teremos um almoço “grande”.  Onze pessoas, quatro famílias, onze amigos.

Seja qual for a sua religião ou crença, não esqueça de agradecer… a Deus, a Luz, a Vida, ao Universo; todas as coisas boas (e até mesmo as ruins, que lhes serviram de aprendizado) que aconteceram em 2008.

A saúde, a força,  a recuperação, a amizade, o amor, a casa, o alimento, o cobertor, a água, a família, a vida… todos na lista…

Obrigada. 🙂

“Nucular” nunca mais!

Tuesday, November 4th, 2008

Não votei, ainda não sou cidadã americana (por opção).  Fiquei o dia todo com o coração meio apertado… meio down… Gostaria de ter votado.  No Brasil, aprendemos a importância do voto muito cedo.  Sim… não temos escolha, somos obrigados a votar, mas ao mesmo tempo, somos obrigados a fazer parte da vida política do país.  Aqui, não.  Vota quem quer; quem entende a importância da cidadania, do voto, da união, da democracia; o que é bom e ruim ao mesmo tempo (tópico para outro post).

Na maioria das vezes, os americanos são meio que “alienados”, não falam sobre política, não discutem política, são “patriotas” (e confudem “patriotismo” com “apoio ao governo”) acima de tudo e de todos.  As pessoas que se importam com política chegam a ser “radicais”, “estranhas”, meio “malucas”.

Entretanto, hoje, o que aconteceu no país foi um revolução silenciosa.  Milhões de eleitores compareceram as urnas.  Filas infinitas.  Horas de espera.  Um “amamos o nosso país e estamos aqui para provar isso” silencioso, mas presente e forte.  Alienados, radicais, imigrantes… todos unidos contra o governo atual.

Se eu fosse o Bush, faria minhas malinhas e sairia da Casa Branca, na calada da noite.  RS  Durante 4 anos (porque os primeiros 4 não contam, já que fizeram a burrada de re-eleger o Bozo), os americanos (nativos e naturalizados) aguentaram a arrogância e ignorância do presidente, em silêncio.  Hoje, também em silêncio, deram o ponta pé na bunda do excelentíssimo senhor presidente, mas bem dado da História deste país.

Só espero que tenham usado “sapatos novos”… 😉 Agora, é sentar e esperar para ver os resultados.

Nucular” nunca mais!

Será que está no DNA?

Saturday, August 9th, 2008

Parabéns ao meu “cunhadinho” (irmão do maridon), que completou o “treino básico” da Força Aérea, esta semana.

Na foto, vocês podem ver os recém-casados: Nycole e Leigh, felizes por estarem juntos, depois de longas semanas separados; curtindo a formatura e o filho, crescendo da barriga da mamãe.

Congratulations! 🙂

Amigos e Quá-quá-quá… RS

Monday, June 23rd, 2008

Este fim de semana, maridon, eu e  zoo recebemos a visita do Mauro e da Lydia.  O ano passado, ainda em New Mexico, maridon e eu fomos até Albuquerque para conhecê-los, quando eles estavam visitando a cidade para um congresso.  Este ano, eles resolveram aproveitar uma viagem de trabalho da Lydia, em South Carolina,  e dirigiram de Charleston até Sumter para passar o fim de semana com a gente. Conversamos pra caramba, passeamos no pequeno parque da cidade (Swan Lake Iris Garden) e nos divertimos fugindo dos patos e gansos gulosos que só faltaram correr atrás da gente para conseguir um pedacinho de pão. 😉

A Pitanga fez amizade com o Mauro rapidinho e os gatinhos e o Snoopy ficaram todos cheios das manhas pra cima deles. 🙂

P.S: Whoops! Quase esqueci de contar que o maridon e o Mauro fizeram uma dupla imbatível e desbloquearam todas as músicas do set de Guitar Hero III. 😉

A grande mudança – Parte 1

Sunday, April 20th, 2008

Antes que a mudança para South Carolina vire “old news”… aqui vai o primeiro post sobre esta mudança de estado e de vida.

Eu nunca fui apaixonada por New Mexico; tentava olhar “o lado positivo” das coisas e admirar “a beleza peculiar” do estado, mas o horizonte infinito e os dias secos nunca foram parte do meu cenário preferido. Clovis é uma cidadezinha minúscula, no meio do nada. Qualquer lugar mais movimentando e civilizado fica a cerca de 2 horas de carro. Seis anos em Clovis foram seis anos de aprendizado e paciência (muuuuita paciência). Portanto, a notícia de que iríamos mudar para outro estado foi, para mim,  o presente da década.

Deixar a cidade foi um presente.  Deixar os amigos… nada fácil. Seis anos é tempo suficiente para criar raízes e “família”. Por mais que você tente não se apegar as pessoas, não há como não fazer amizades fortes. Saí de Clovis sem pensar duas vezes e sem olhar para trás (para não ver os amigos que ficaram por lá); aliás, a mesma estratégia que uso nas minhas visitas ao Brasil: cabeça erguida e bola pra frente, que atrás “ficou” gente.  Do contrário, a gente não quer voltar, não quer deixar ninguém pra trás; quer ficar, e este não querer machuca pra caramba.

A viagem de New Mexico à South Carolina foi tranquila. Maridon na frente, puxando o trailler com a Durango; e eu atrás com o meu carro.  O Snoopy e a Pitanga foram na SUV com o maridon.  Os gatos foram no carro, comigo, fazendo sinfonia pela primeira hora de viagem, todos os dias (bem ao estilo do comercial da “Meow Mix“.

Começamos a viagem em New Mexico, numa sexta-feira (4 de janeiro de 2008), atravessamos parte do Texas e fizemos um desfio grandinho, para visitarmos um casal de amigos queridos, em Tulsa, Okalahoma. Quando voltamos a pegar a estrada, atravessamos o Texas (pela última vez nesta viagem), passamos a noite em Louisiana; curtimos algumas horinhas de estrada nos estados de Mississippi e Alabama, passamos a noite em Georgia; e, finalmente, chegamos à South Carolina (10 de janeiro de 2008).

O total da viagem foi de 7 dias, com uma parada de 3 dias, em Tulsa; ou seja, 4 dias de estrada, desde New Mexico até South Carolina.

 

Não deu tempo de tirar fotos… nem de passear pelos estados.  Nossa missão era dirigir, dirigir, dirigir e chegar aos nossos destinos planejados. Também… imaginem, não há como passear e conhecer lugares, acompanhados de um zoo… 😉

Chegamos à South Carolina super tarde. Eu estava super cansada e irritada (“O lixo do resto do que sobrou.”, como diria um ex-colega de trabalho.). A viagem foi longa e cansativa (motoristas imbecis existem em qualquer lugar do planeta); mas no final das contas, muito mais fácil do que eu imaginava.

Bom, por hoje é só… já deu para introduzir “a grande mudança”; depois continuo este blá blá blá todo… 😉 Inté!

Mais 66 pela frente*

Tuesday, April 15th, 2008

Quem?  Quem aparece assim, de repente, na porta da sua casa… sem avisar?  Toca a campainha a meia-noite e um; e avisa que veio para ficar um ano inteirinho? Quem?  O meu trigésimo quarto ano! Hehehe… 😉 Pois é… o tempo voa; e os anos chegam assim, de surpresa.

O ano 33 foi complicado. Oh aninho revoltado… chutou o pau da barraca, me passou uma rasteira, mas foi um grande professor.  Agora chega o 34, cheio de esperança e de energia positiva. 🙂 Parabéns pra mim! 🙂

* 66 pela frente? No mínimo!  Eu pretendo chegar aos 150. 😉
  

  

Clique aqui para ler a letra de “Life is Wonderful”, de Jason Mraz.

 

Hoah!

Tuesday, April 8th, 2008

Não falei? Mudei… de cidade, de estado, de casa e, agora, de template e ferramenta de publicação … *rs* Digamos, 2008… o ano das mudanças… 😉 O Jardim agora é administrado via Worpress. Não dá para mentir… a estrutura do blog antiga era bem mais complicada. A publicação dos posts era vapt-vupt, mas o resto das páginas eram administradas em HTML… tudo na mão… sem facilidade nenhuma. Então, resolvi dar um salto tecnológico no Mundo do Blogs; e migrei o Jardim do Movable Type para o WordPress, uma ferramenta de publicação muito mais leve e prática. Afinal, depois de quase um ano de “silêncio”, estes ares novos servirão de estímulo.

Por enquanto, o blog está básico… aliás, super básico. Ainda tenho que mergulhar no meu desktop e procurar os arquivos antigos (de 2002 à 2006) para arquivá-los aqui… inserir os meus blogs preferidos e websites preferidos, as páginas extras, e outras coisinhas afim.

O template? Free, free, free… escolhido a dedo entre dezenas de websites que oferecem templates para o WordPress (até nisto, esta “maquininha” facilita a vida da gente…). Bonitinho, não? Simples, mas com cara de Jardim…

Bom, espero que gostem da mudança… Eu estou adorando. 🙂

IMPORTANTE: A URL do blog mudou de “http://www.jardimsecreto.net/weblog” para “http://www.jardimsecreto.net”. Por favor, atualizem seus bookmarks. Por enquanto, a URL antiga está sendo redirecionada, mas em alguns meses, não funcionará mais.

Ah?

Wednesday, June 6th, 2007

“… tirando as teias de aranha e o pó…”

Ufa! Quanto tempo! Bom, voltei para postar isso aqui:

(O arquivo que eu coloquei aqui foi retirado do website, mas você pode ouví-lo no blog citado abaixo)

Coloque seus phones de ouvido (extremamente necessário! sem phones o efeito do áudio não funciona), aperte o play, feche os olhos e divirta-se!

Fonte: David’s Weblog

E então é…

Tuesday, October 31st, 2006

… Natal? Não! Halloween! 😉 O ano está passando super rápido, mas o Natal ainda está preparando as malas…

Este ano, não me preparei para o Halloween como nos anos anteriores. Para falar a verdade, não estava com vontade nem de comprar doces para as crianças, MAS não deixei esta “apatia” tomar conta de um dos meus feriados favoritos; e resolvi cuidar de tudo no domingo passado. Decorei a frente da minha casa (sem muita frescura) e preparei os saquinhos de doces como tenho feito nestes últimos 6 anos. Em 2005, preparei 40 saquinhos com balas e pirulitos; e meu caldeirão ficou vazio em menos de 1 hora. Este ano, resolvi preparar 60 saquinhos e ver o que acontece…

Ah sim…achei algumas decorações dos anos anteriores que estavam perdidas na bagunça do quartinho lá de fora e coloquei tudo para decorar o jardim… Agora, preciso correr e preparar a máquna de fog, porque as crianças devem começar a aparecer daqui a uma hora… 🙂

 

Gotta go… Happy Halloween!