Archive for the ‘Coisas da Web’ Category

“OK, você venceu, batata frita”

Tuesday, November 16th, 2010

Uma dúzia de aranhas disseram SIM, meia dúzia de amigos e leitores disseram NÃO, eu parei… pensei… pensei… pensei e decidi manter o blog aberto e voltar a escrever, devagar, devagarinho… Os motivos? Preciso de um hobby, preciso registrar o tempo, preciso exercitar o meu pensamento e discurso; e preciso, desesperadamente, praticar o meu Português. Eu sei, parece besteira e papinho de brasileiro metido a besta, morando no exterior, mas meu Português está mais pra lá do que pra cá. Não porquê eu use o Inglês muito mais do que o Português (até em pensamento), mas porquê tenho lido e escrito muito pouco no meu idioma materno (principalmente para uma “pessoa” que possue o título de “Bacharel em Letras” e um passado e história nas salas de aula). Os meus errinhos bobos estão me incomodando muito. E estes “brancos” de linguagem estão infestando a minha vida como pulgas, no Verão. Então, antes que os errinhos deixem de ser falta de vergonha na cara para serem ridículos e absurdos; eu digo que fico, escrevo, erro e reaprendo. A partir deste post, prometo ressuscitar a gramática da Língua Portuguesa e exercitar o boca-a-boca na minha velha amiga, quantas vezes forem precisas até que eu pare de gaguejar e deixe de usar o dicionário a cada 5 minutos.

Então, eu escrevo, tu escreves, ele escreve, nós escrevemos… 😉

Punto e basta

Monday, September 13th, 2010

Depois de quase 8 anos, estou chegando a conclusão de que está na hora de encerrar este blog.  Não encerro de teimosia.  Não é que eu não tenha assunto; assunto é o que não falta.  A verdade é que não tenho tido vontade de escrever.  Culpa de quem?  Dos gênios que inventaram o Twitter e o Facebook.  Principalmente do cara que inventou o Twitter.  Atualmente, você não precisa de um blog para expressar qualquer sentimento e pensamento, muito menos para manter a família e amigos atualizados sobre o que está acontecendo com você.  No Twitter, tudo é imediato e sem muita enrolação. Tá com raiva? 140 caractéres. Cansada? 140.  Indignada? 140.  Foi a um show? 140.  Encontrou um amigo querido? 140.  Tudo pode ser comunicado, compartilhado e registrado em 140 caractéres.  E mais… 140 é pouco? Ué, é só usar mais 140 e pronto; todo mundo recebeu a informação inteira, na hora, “punto e basta”.

Em 2002, quando iniciei o Jardim, weblog era uma coisa “moderna”.  Ninguém precisava ficar editando “HTML” para publicar alguma coisa na internet (porque naquele tempo, os websites ainda eram 100% editados em HTML!).  Os blogs facilitaram as vidas das pessoas (ou devo dizer dos “geeks”?).  Todo mundo podia ter blog e website.  Era tudo super fácil. O negócio era ter um endereço no Blogger e usar a ferramenta como se usava o Hotmail (porque naquela época, o Gmail ainda não existia).

Em 2010, isso tudo é 100 vezes mais fácil.  Hoje em dia, você não precisa nem de um computador para se comunicar com o planeta.  Tem um celular com internet?  Pronto. Todo mundo já pode saber o que você está fazendo, onde está almoçando, o que está assistindo, que museu está visitando e quantas aspirinas você precisou tomar para “destruir”sua dor de cabeça.  Somos todos seguidores da filosofia Gillette: “A primeira faz tchan, a segunda faz tchun e tchan tchan tchan tchan!”.  Tudo rapidinho, sem complicação nenhuma, em qualquer lugar, a qualquer hora.

E o Facebook?  O Facebook é mais complexo,  cheio de coisinhas para quem ainda tem tempo para ficar jogando joguinhos com os amigos, editando álbuns de fotos, etc.  Para pessoas como eu, que gostam da atualização imediata; “escreveu, todo mundo leu”; mas ainda tem tempo para gastar com bobeirinhas tipo Farmville.

Então, é isso, em 2010, a internet é mais imediata do que em 2002, 2003, 2004, 2005, etc; e os blogueiros preguiçosos estão se transformando em twitteiros.  Por outro lado, os que gostam de falar e escrever já não precisam de blogs… o b se transformou em v, e atualmente, quem tinha blog, tem vlog.  Mas isto é um outro assunto… para um outro post, qualquer dia destes…

Personas

Friday, February 19th, 2010

Até hoje, eu usava os  wallpapers do iGoogle e os temas do Firefox para personificar o meu navegador e mudar de cara sempre que ficava enjoada.  Hoje, comecei a usar “Personas para o Firefox”. Você pode escolher entre “trocentos” mil designs e trocar de design em segundos.  Muuuuito legal!

É por estas e outras que o Internet Explorer só existe no meu computador, por causa des websites atrasados (que geralmente são de organizações importantes… blah!).  Do contrário, já teria aposentado o velhinho há muitos anos.

Valentines

Wednesday, February 10th, 2010

vladstudio_inseparable_800x480

Passei por aqui só para deixar uma dica legal.  Há anos, só uso no meu computador, wallpapers do VladStudio.  O site cresceu bastante desde que me apaixonei pelos desenhos e “histórias” de Vlad Gerasimov.  Os wallpapers são super criativos e diferentes; além disso, há sempre alguma coisa nova e temática.

Dia 14 de fevereiro é Valentine’s Day por aqui, e para comemorar a data, além de fazer downloads (gratuitos) de wallpapers temáticos, também podemos enviar cartões dos nossos wallpapers preferidos.  Eu estou me deliciando!  Enjoy it porque é bom demais. 🙂

iTwitt

Wednesday, June 17th, 2009

Pronto… agora ficou mais fácil acompanhar o que tem acontecido no meu dia-a-dia (principalmente porque minha mãe agora está “internatizada”! – “É Dona Dilma, navegando pela web, hein?” – e que com certeza, será a única pessoa interessada em saber tudo… “bem explicadinho, nos seus mínimos detalhes.”). Meus tweets estão aí do lado (em “iTwitt”), e se o plugin funcionar, haverá também, um post diário contendo os meus tweets do dia. 🙂

E dá-lhe internet!  Quem te viu e quem te vê. 😉

Atualização: O plugin funciona direitinho e cria um post diário com todos os posts tweets daquele dia, mas eu não gostei da formatação, então não irei usar esta opção até conseguir arrumar isto.