Archive for March, 2014

Primavera

Monday, March 31st, 2014

É Primavera… época de limpar os jardins, plantas flores novas, esperar e curtir a estação do ano mais bonita. Faz um tempão que não escrevo no jardim… Pensando melhor, faz um tempão que não escrevo no Jardim, feliz.  Por vezes pensei em fechar este este espaço de vez, afinal este blog estava presente na internet meio que fantasma… mas deixei aberto com a esperança de voltar a escrever algum dia.  Enfim, voltei?  Não sei… Por hoje, sim.

Entre tempestades e dias de sol, muita coisa mudou e muita coisa continua igual.   Continuo morando na Carolina do Sul, continuo casada com o amor da minha vida, continuo apaixonada por animais e, por incrível que pareça, continuo viciada em palavras. No final de 2012, resolvi voltar a estudar.  Entendi, de uma vez por todas, que o meu lugar é nas salas de aula, aprendendo e ensinando.  Encarei o medo de me sentir “tiazinha” e invadi o mundo universitário.  Fui aceita na Universidade da Carolina do Sul, e recomecei minha aventura no mundo acadêmico… reencontrei a universitária adormecida e mergulhei de cabeça… Aí… algumas nuvenzinhas foram se acumulando, a tempestade foi se formando… e de repente, a porcaria da depressão passou na minha vida como um tornado, sem dó e nem piedade… A batalha foi longa e difícil, mas venci.

Depois de um semestre parada (por recomendação médica), voltei para a faculdade no Outono de 2013.   Esta volta para a faculdade talvez tenha sido a volta às aulas mais complicada da minha vida,; eu queria voltar, mas tinha medo…Do que? Sei lá… medo do monstrinho  da depressão, da droga da ansiedade… assim, simplesmente medo; mas enfim, voltei, devagar, mas determinada como sempre…

Um ano depois do começo da batalha contra a depressão, aqui estou… meio que sem palavras para descrever tudo o que aconteceu, talvez por precaução, por não querer lembrar e reviver o que aconteceu… ou talvez porque tudo foi tão intenso e tão maluco, que eu realmente não tenha palavras para descrever o que aconteceu, o que senti, sei lá…  Parece coisa de adolescente em crise, mas foi assim mesmo… uma confusão sem começo, sem meio, mas com fim… oh yes, com FIM! Hoje, estou FELIZ (ouça universo: ESTOU E SOU FELIZ), reaprendi o que havia esquecido e voltei a sonhar… Voltei a sonhar… e isso é muito mais do que o suficiente para eu ser feliz… VOLTEI A SONHAR!  BEM VINDA PRIMAVERA!

Voltei a sonhar