Archive for March, 2011

Pause

Wednesday, March 9th, 2011

2011 está voando, mas estes poucos meses, antes da volta do maridon da Coreia, estão passando mais devagar do que os 8 meses anteriores. Provavelmente, por causa do inverno e da ansiedade.

Todos os dias, os dias ficam mais compridos, anunciando o início da Primavera, mas também, a imortalidade da minha ansiedade. Para algumas pessoas, um ano não é muito tempo, para outras uma eternidade, para mim, este “um ano”, a “personificação” da expressão standby. É como se alguém estivesse assistindo o filme da minha vida e, de repente, apertasse o botão “PAUSE”… e aí a coisa complica, porque volto a reviver a mesma cena de sempre: eu parada na calçada, esperando para atravessar a rua; e os carros cheios de pessoas, vidas e histórias, passando, sem deixar um espaçinho minúsculo para eu atravessar.

Não estou reclamando. Quem sou eu para reclamar de alguma coisa? Mas o ser humano é um bicho complicado… e quando pensa demais, sai de baixo!

Eu penso demais… sempre pensei demais… e na tentativa de pensar “de menos”, fico perdida, meio que tentando encontrar a ponta do novelo de lã, todo embaraçado.

Estou assim… procurando a ponta do novelo de lã, tentando pensar “de menos” e ocupando o meu tempo com o “fútil”, na tentativa de passar a perna na horas, até que maridon volte para casa e, finalmente, aperte o botão “PLAY”.