“OK, você venceu, batata frita”

Uma dúzia de aranhas disseram SIM, meia dúzia de amigos e leitores disseram NÃO, eu parei… pensei… pensei… pensei e decidi manter o blog aberto e voltar a escrever, devagar, devagarinho… Os motivos? Preciso de um hobby, preciso registrar o tempo, preciso exercitar o meu pensamento e discurso; e preciso, desesperadamente, praticar o meu Português. Eu sei, parece besteira e papinho de brasileiro metido a besta, morando no exterior, mas meu Português está mais pra lá do que pra cá. Não porquê eu use o Inglês muito mais do que o Português (até em pensamento), mas porquê tenho lido e escrito muito pouco no meu idioma materno (principalmente para uma “pessoa” que possue o título de “Bacharel em Letras” e um passado e história nas salas de aula). Os meus errinhos bobos estão me incomodando muito. E estes “brancos” de linguagem estão infestando a minha vida como pulgas, no Verão. Então, antes que os errinhos deixem de ser falta de vergonha na cara para serem ridículos e absurdos; eu digo que fico, escrevo, erro e reaprendo. A partir deste post, prometo ressuscitar a gramática da Língua Portuguesa e exercitar o boca-a-boca na minha velha amiga, quantas vezes forem precisas até que eu pare de gaguejar e deixe de usar o dicionário a cada 5 minutos.

Então, eu escrevo, tu escreves, ele escreve, nós escrevemos… 😉

One Response to ““OK, você venceu, batata frita””

  1. Priscila Says:

    Aeeeeeeeee!
    Sabia que ia voltar, no fundo, no fundo eu sabia!
    Nem imagino o meu português depois de dez anos aqui. Em dois anos morando fora o meu já tá indo de mal a pior.