Norah

Norah Jones - Chasing Pirates (Single) Faz um tempão que não falo sobre música por aqui.  Um tempão mesmo.  O CD da Madonna saiu, ela foi p. o Brasil, começou a namorar o brasileiro xaropão, retornou ao Brasil; e eu não fiz comentário nenhum sobre Hardy Candy (que by the way, eu adoro!).  Então, para evitar que isso aconteça com o novo CD da Norah Jones…

The Fall é diferente, a primeira “ouvida” (RS): mais pop, menos jazz, menos meloso, menos romântico, mais melancolico; mas depois de algumas horas, você acaba reconhecendo Ms. Jones em cada segundo.  Na realidade, posso dizer que essa “virada”  chegou em boa hora.  Quem conhece o Jardim, sabe que sempre fui fã babona de Norah Jones, mas admito que o CD anterior, Not Too Late, não foi tão bom como o esperado.  The Fall é basicamente POP (POP Rock, talvez…), embora algumas músicas relembrem a influência country que dominou (e “estragou”) Not Too Late. Não é POP Britney (thank you!) ou Miley Cirus (sai do meu pé, jacaré!); ou seja, um POP pouco antenado com o que está nas rádios americanas atuais, mas sim um POP extremamente anos 80, simples, cru e único.  Algumas revistas e websites estão classificando o álbum como “rock”, mas na realidade, além da guitarrinha… o resto é Norah, é POP, é jazz, é country… uma saladinha de fruta que faz você torcer o nariz quando ouve a primeira música “Chasing Pirates” e fechar os olhos na  décima segunda “December”.  É bom… vale o seu rico dinheirinho.  🙂

Comments are closed.