Archive for January, 2007

Nevou pra valer

Saturday, January 20th, 2007

O nosso planeta está de cabeça pra baixo mesmo… Entre ontem à noite e hoje, New Mexico recebeu mais do que 30 centímetros de neve. Nunca vi tanta neve nesta terra, desde que maridon e eu nos mudamos do Alasca pra cá. Então, hoje à tarde, resolvi sair da toca e me divertir na neve com o Snoopy. Hehehe…

Eu sei, eu sei… eu já deveria estar acostumada com essa substância branca, mas a neve acorda a criança adormecida dentro de mim e eu não resisto… 😉 O legal é que hoje não ventou… ou seja, estava frio (está frio!), mas um casaco quentinho resolve o problema. 🙂 Só não fiz snow angels, porque não havia ninguém por perto para registrar o momento. 😉

A diferença

Sunday, January 14th, 2007

E viva a diferença… Tá aí, a comprovação visual do meu blá-blá-blá de ontem: um dia com neve, um dia de verão e um dia de “congelador”… Reparem nas árvores, elas não guardam segredos… 😉

Hoje, a previsão do tempo é de:
-1ºC à -10ºC.

P.S: Clique na foto para ver uma versão maior, na minha página no Flickr.

Páginas e gêlo

Saturday, January 13th, 2007

Há dias em que me sinto dentro de um congelador… principalmente, em dias como o de hoje, em que não há neve alguma, mas está tudo branquinho, lá fora. As árvores, a grama, os galhos ficam todos congelados, exatamente como as coisas que ficam no congelador (e eu digo… daqueles antigos). OK, eu sei, para quem nunca viu neve, fica difícil entender essa minha comparação entre branco de neve e branco de gêlo, mas quem conhece, entende. O branco de hoje é o de congelador mesmo… a gente pisa na grama e o gêlo faz barulho… barulho de gêlo, não barulho de neve. Os galhos, como este aí da foto, ficam todos congelados, com pedacinhos de gêlo. Resumindo, para fazer frio não é preciso ter neve… a umidade já basta… Aí, a paisagem fica assim: fria, linda, mas triste…

Anyhow, o ano começou “calmo”… tenho passado os dias em casa: lendo, assistindo filmes e jogando jogos (principalmente o World of Warcraft… culpa da Lú! *rs*). Estou terminando mais um livro sobre textos gnósticos*; e pretendo iniciar um clássico, este fim de semana. Quem não leu “Os Miseráveis” de Victor Hugo? Eu. 😉 Eu sei, eu sei… eu deveria ter lido, mas não li… Bom, comprei, e o “pequeno”livro de 1300 páginas (na edição da Penguim Classics, sem cortes) me aguarda, ao lado da minha cama. Um clássico é um clássico; precisa ser lido. Mas um clássico de 1300 páginas é uma batalha… Em todo caso, uma batalha que precisa ser vencida. 😉

Então… tão. Só preciso preparar o chá quente e mergulhar no passado.

* Como já disse por aqui, anteriormente; o meu atual interesse pelos textos religiosos é mais histórico do que religioso. A bíblia, em si, é um grande livro de História e “estórias”; e os textos gnósticos completam a história mais conhecida do mundo. Minha fé é a mesma. Minha. 😉

Novo Capítulo

Thursday, January 4th, 2007

E 2007 chegou mesmo… está até difícil de acreditar. 😉

Este ano, maridon e eu passamos a noite de Natal sozinhos, juntinhos, abraçadinhos, em casa. Trocamos nossos presentinhos, abrimos os presentinhos dos nosso filhotes, fizemos nossas orações, ceiamos e passamos uma noite tranquila, cheia de amor, como todos os Natais devem ser. No dia 25, almoçamos com um grupo de amigos; e encerramos as comemorações natalinas de 2006, na casa de uma amiga Filipina, ouvindo as garotas cantarem em japonês (de arrepiar!) e tagalo (aliás, depois preciso contar para vocês sobre o ovo fecundado cozido, um prato típico das Filipinas; que eu conheci atráves do livro do Zeca Camargo; e dia 25… vi pessoalmente – vi, mas não experimentei! Uga…).

No dia 31, comemoramos 6 anos de casados, com um dia romântico e especial, como sempre. 🙂

Enfim, nossas comemorações de fim-de-ano foram calmas, mas especiais e cheias de amor. Afinal, a felicidade maior foi dar as boas-vindas à nossa sobrinha, Letícia, na segunda-feira dia 18/12, antes do Natal. Depois disto… alguém precisa de um presente maior? 😉

Um novo capítulo das nossas vidas inicia-se… Feliz 2007!